post title
  • 10/10/2017 12:37

4 alimentos que vão te ajudar a respirar melhor

4 alimentos que vão te ajudar a melhorar a respiração!

Frutas cítricas: Goiaba, laranja, acerola, tangerina... Todas as frutas ricas em vitamina C turbinam a imunidade e previnem gripe, resfriado e infecção das vias respiratórias. Coma ao menos uma por dia.

Linhaça: Atua como emoliente sobre as mucosas, aliviando sintomas de problemas respiratórios. Uma colher de sopa por dia, de preferência da semente triturada, é suficiente para blindar a saúde.

Gengibre: O gingerol, composto que dá o sabor picante à raiz, é antioxidante e anti-inflamatório. Para consumir na forma de chá basta ferver algumas fatias por uns minutinhos.

Alho: A aliina e a alisina presentes no alimento combatem infecções por bactérias, fungos e vírus. O ideal é consumir o alho cru, mas não é fácil: tente picadinho num molho de salada à base de iogurte.

Aprenda algumas técnicas de respiração!


Técnicas – Saber controlar a respiração também é fundamental para equilibrar o corpo e melhorar a saúde. Ao respirar de forma errada, não conseguimos renovar a carga de oxigênio adequada para alimentar devidamente as células e, assim, eliminamos pouco o gás carbônico, deixando o organismo intoxicado. A escritora Sônia Hirsch, autora de diversos livros sobre promoção da saúde indica três aspectos para respirarmos bem: ritmo, profundidade e duração.

– Respirações lentas, profundas e longas: Geram harmonia em todas as funções do corpo trazendo maior satisfação e sensação de bem-estar. Através dessas respirações aumenta-se a quantidade de oxigênio, liberando toxinas do gás carbônico. Além disso, equilibram o ritmo biológico e a temperatura do corpo, ajudando a desenvolver uma percepção mais ampla, aprofundada e de autoconhecimento corporal.

– Respirações curtas, rápidas e superficiais: Geram carências no organismo, por não suprirem as necessidades de oxigênio, que podem resultar em diversos problemas e doenças. Respirações dispersivas e em ritmos irregulares não mantêm um equilíbrio biológico e temperatura corporal, trazendo, sobretudo, sensações de irritabilidade, impaciência e mau humor.